A Justiça de Alfenas (MG) determinou que uma moradora de um condomínio da cidade retire sua cachorrinha Yorkshire do apartamento em que moram. A moradora teria cinco dias para retirar o animal do prédio, sob pena de multa diária de R$ 500.

A moradora vive há quatro anos no local e já havia recebido uma notificação do síndico pedindo para ela se desfazer da cachorrinha, já que a convenção do prédio, realizada em 2001,proibia a presença de animais nos apartamentos.

Mesmo assim, a moradora ficou surpresa, já que os demais moradores não se incomodam com a presença da cachorrinha, pois ela não atrapalha. Alguns condôminos se manifestaram a favor e disseram não se incomodar com a presença do animal. A moradora entrou com um recurso e anexou junto a ele um abaixo assinado com a assinatura de 32 moradores. Com esse recurso, o condomínio tem 15 dias para responder à Justiça

(Da Redação, com informações do G1 Sul de Minas)